Campanha salarial 2022 – Sindsaúde mobiliza trabalhadores do Waldemar de Alcântara contra retirada de direitos

191

Ato foi realizada na manhã desta terça-feira, 05/04, junto aos trabalhadores do Hospital Waldemar de Alcântara.

Dirigentes do Sindsaúde Ceará foram ao Hospital Waldemar de Alcântara, em Messejana, nesta terça-feira, 05/04, para mobilizar os trabalhadores pela campanha salarial 2022. Na ocasião, foi distribuído um informativo especial tratando sobre os impasses da negociação da Convenção Coletiva de Trabalho da rede particular. Nesta unidade de saúde, os profissionais tem vínculo empregatício com o ISGH, uma organização social que cumpre a CCT da rede particular.

Os patrões querem dar apenas 3% de reajuste, um índice irrisório que não cobre sequer as perdas com a inflação, que foi de 10,16%(INPC). Além disso, os patrões querem retirar direitos já conquistados. Querem acabar com o pagamento de horas extras 100% nos feriados e acabar com a obrigatoriedade do pagamento até o quinto dia útil do mês. Os patrões da rede particular se recusam também a aceitar propostas novas, como a que prevê licença remunerada para mulheres vítimas de violência doméstica.

O Sindsaúde segue firme, resistindo aos ataques dos patrões e mobilizando trabalhadores para que se unam contra a retirada de direitos, que ganhou força com a chegada do Grupo Kora, grupo empresarial que comprou três grandes hospitais(Hospital São Mateus, Otoclínica e Gastroclínica) e está emprenhado em destruir os direitos dos trabalhadores da saúde.

Confira mais nas imagens de Cristhyana Abreu:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here