Servidores da saúde de Fortaleza cobram Educação Permanente para todos

129

Uma assembleia unificada com servidores do nível médio e superior foi realizada na manhã desta quarta-feira, 09/03, na Praça do Ferreira.

As diretoras do Sindsaúde Ceará, Adriana Moura, Regina Moraes e Madalena Policarpo, junto a servidores da saúde de Fortaleza, tanto do nível médio como superior(que já vem nesse molde das 32 hs de assistência e 8 hs semanais de educação permanente  para se qualificarem estão nessa luta em conjunto para manter esse benefício e o nível médio para que seja ampliado a essa categoria que faz parte da mesma equipe) , e representações de outras entidades sindicais, participaram de assembleia unificada na manhã desta quarta-feira, 09/03, na Praça do Ferreira. O objetivo foi tratar sobre a proposta de Educação Permanente apresentada pela secretária da saúde de Fortaleza, Ana Estela.

Os servidores não aceitam que seja reduzido o tempo destinado à Educação Permanente e pedem a inclusão dos concursados de 2015 na mesma Política de Educação Permanente praticada atualmente, que assegura 8 horas semanais para servidores tanto das funções do nível superior como do nível médio.

Após várias falas de representações sindicais, foi aprovada por unanimidade a proposta de participar de uma reunião com vereadores na sexta-feira, 11/03, na Câmara Municipal de Fortaleza. A ideia é pressionar os vereadores para que atuem para assegurar as 8 horas semanais de educação permanente para toda a categoria da saúde.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here