Sindsaúde se reúne com nova direção do Samu Ceará para tratar sobre demandas apresentadas no dia 23/06

278

O socorrista e diretor do Sindsaúde Ceará, Messias Carlos, acompanhado do assessor jurídico do sindicato, Vianey Martins, se reuniram na manhã desta terça-feira, 06/07, com o diretor geral e a coordenadora de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu Ceará, o médico Severino Ferreira Alexandre e a enfermeira Adelaide Martins, respectivamente.

A audiência ocorreu cerca de dez dias após a manifestação que os trabalhadores realizaram contra o assédio moral e perseguições no Samu. O objetivo foi abrir um canal de diálogo com a nova direção e coordenação de enfermagem do órgão e acompanhar as reivindicações encaminhadas no dia 23/06.

Entre os principais assuntos, o direito à troca de plantões, implantação de horas extras no contracheque e o reconhecimento profissional.

O diretor geral afirmou que as trocas de plantões continuam da mesma forma até que se encontre uma solução. Quanto às Unidades de Suporte Intermediário (USI), ele confirmou que serão extintas. O novo diretor do Samu Ceará disse ainda que os servidores poderão fazer até 144 horas extras, além da carga horária normal de 120 horas, pela Cooperativa, mas que só poderão trabalhar 36 horas, no máximo, por plantão. Ele disse ainda que vai tratar com o secretário da saúde, Roberto Cabeto, sobre a viabilidade de implantar o serviço extraordinário no contracheque dos servidores. Severino Alexandre ainda assegurou que está estudando uma forma de garantir que todo(a) servidor(a) que tiver formação em enfermagem assuma a função de enfermeiro(a).

Messias Carlos avaliou a reunião como positiva. “A mudança na gestão já trouxe mais tranquilidade para os servidores do Samu Ceará” – disse. “Esperamos que esta nova gestão possa realmente possibilitar junto à Sesa mais valorização para os trabalhadores” – afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here